Incêndio Elétrico

Você sabe o que é um incêndio elétrico, como ele acontece e como apagá-lo corretamente?

Especialistas em fogo e prevenção, preparamos este artigo com tudo que você precisa saber sobre esse tipo. Assim, poderá se prevenir e evitar riscos, cuidando da segurança da sua casa e empresa.

Continue lendo e tire suas dúvidas.

O que é um incêndio elétrico?

A energia elétrica é fundamental para que tenhamos conforto e acesso a recursos que facilitam nossa vida.

Mas ela também pode trazer riscos, se for mal usada ou monitorada. Um deles é essa categoria de incêndio, que é causada por equipamentos que funcionam com eletricidade.

Abaixo, confira algumas das origens:

  • Acúmulo de poeira ou umidade entre plugue e tomada pode gerar faíscas e, consequentemente, fogo. Por isso, mantenha essa área limpa e protegida;
  • Muitos dispositivos ligados na mesma tomada provocam sobrecarga, superaquecimento e curto-circuito. Então, use apenas um acessório em cada tomada;
  • Cabos enrolados e uso prolongado de equipamentos também superaquecem, provocando o incêndio elétrico;
  • Tomadas inadequadas, pouco resistentes e incapazes de suportar o fluxo necessário de energia para alimentar o dispositivo. Dessa forma, antes de ligar algo, verifique a classificação da tomada;
  • Não altere a configuração original das entradas dos cabos. Isso compromete o desempenho dos aparelhos e pode acender o fogo;
  • Emendas de fio mal feitas esquentam instalações. Ou seja, apenas pessoas capacitadas podem fazer a manutenção da rede elétrica. Inclusive, exija a emissão da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) dos serviços;
  • Materiais de fácil combustão, como papel ou plástico, não podem ficar em contato direto com a rede elétrica ou muito perto. Isso porque a possibilidade de um incêndio elétrico é muito maior se houver um curto-circuito;
  • A manutenção periódica da estrutura elétrica é fundamental para checar a qualidade dos cabos de transmissão de energia e reparar danos.

Como apagar corretamente um incêndio elétrico?

Antes de tudo, caso um sistema elétrico ou aparelho, fio ou tomada solte faíscas ou incendeie, corte o fornecimento de energia no disjuntor. Dependendo da situação, isso pode bastar para eliminar a combustão.

No entanto, nunca tente retirar o plugue da tomada se o problema estiver no fio ou no dispositivo. Afinal, há riscos de choque elétrico!

Por outro lado, se cortar a energia não for o suficiente, use um extintor Classe C. Puxe o pino e aponte para a base do fogo, segurando a alavanca para baixo. Assim, à medida que as chamas forem diminuindo, aproxime-se da fonte e continue borrifando até apagar completamente o incêndio elétrico.

Se não conseguir em 5 segundos, evacue o local e chame o Corpo de Bombeiros.

Gostou de aprender mais sobre incêndios elétricos?

Conhecimento sempre será a melhor forma de se prevenir e se proteger. Mas não é ótimo ter um parceiro experiente para te ajudar também?

Há 11 anos no mercado, a Dimensão Incêndio oferece equipamentos de combate a incêndios, com destaque à fabricação de abrigos para hidrantes e metais hidráulicos.

Além disso, somos especialistas em oferecer suporte e os acessórios certos para cada ambiente. Conheça nosso site e peça um orçamento agora mesmo!

Prevenção e Combate a Incêndio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    X