Qual é o custo de um incêndio

Será que sua empresa conseguiria sobreviver ao fogo sem maiores danos? Dificilmente. Os custos de um incêndio são extensos e prejudicam seu pessoal, patrimônio, reputação e finanças. Confira abaixo quanto a falta de prevenção pode custar.

Impacto a funcionários

Esse tipo de problema é mais comum se o incêndio acontecer durante os horários de funcionamento da empresa. Colaboradores que estão no interior da construção no caso de fogo podem sofrer danos físicos, queimaduras, lesões e até intoxicação pela fumaça. Isso significa algum tempo de afastamento e compensações pelos danos. Mesmo o estresse pode prejudicar seus colaboradores e mantê-los afastados.

Além de gastar mais ao precisar pagar indenizações, a empresa ainda fica sem uma quantidade significativa de seus funcionários no momento que mais precisa reconstruir. Tudo fica mais difícil depois de um incêndio.

Custos legais

As indenizações pagas após um incêndio variam. Se um cliente sofrer com o acontecimento, por exemplo, a empresa pode precisar pagar compensações altas. Uma empresa de transporte precisou pagar R$10 mil por danos morais a uma passageira quando o ônibus pegou fogo em 2008.

Em outros casos, a organização pode precisar pagar indenização por danos materiais e morais a construções que estão próximas e são afetadas. Em 2014, uma empresa de tecnologia ambiental precisou pagar indenização a três moradores ao causar incêndio em um posto de gasolina durante a retirada de um tanque de combustível. Perceba que o risco é real e que ele pode custar bem mais do que você imaginava.

Danos à reputação

Depois de um incêndio a empresa demora meses para recuperar-se completamente. Além de precisar pagar as indenizações, adquirir equipamentos e materiais novos, recuperar a construção ou mudar-se para um local mais adequado, ela também precisa lidar com os aspectos públicos do incêndio.

Dependendo da localização e de quem também foi afetado pelo acontecimento, a mídia divulga o acidente amplamente. Assim, a reputação e imagem pública da organização ficam danificados, levando tempo e muito trabalho da equipe de publicidade e relações exteriores para reconquistar a confiança.

Se a empresa for considerada culpada pelo incêndio por não ter todos os equipamentos de segurança a situação torna-se ainda pior. Ninguém quer ser divulgado como uma organização irresponsável que deixa seus colaboradores e vizinhos em risco.

Danos à construção e equipamento

Provavelmente esse é um dos danos mais caros que seu negócio enfrenta depois de um incêndio. Quando o incêndio é excessivo, ele danifica as estruturas da construção e pode até causar o colapso de certas partes. Algumas obras ficam completamente inutilizáveis após o incêndio e a empresa só tem duas opções: construir tudo do zero ou mudar-se.

Se o prédio for alugado a situação é ainda pior já que cria a necessidade de pagar indenizações.

O equipamento danificado pelo fogo provavelmente precisará ser completamente substituído. Máquinas e mesmo ferramentas de manutenção dificilmente sobrevivem ao acontecimento. O mesmo se aplica a computadores, notebooks e sistemas de segurança.  

Perda de documentos e dados

Quando o fogo atinge áreas administrativas o estrago é grande. Existe muito papel para queimar nesse locais e ele acaba com praticamente tudo. Assim, documentos importantes viram cinzas. Mesmo que exista um backup digital, ele é perdido com o dano aos computadores e sistemas da empresa.

Só quem tem bancos de dados externos ou realiza armazenamento na nuvem consegue salvar algo dos documentos mais importantes da empresa. Porém, muitos não tomam esse tipo de precaução porque pensam que isso nunca acontecerá com eles.

Perda de mercadoria

É claro que precisamos mencionar mercadorias e matéria prima que a empresa perde inevitavelmente quando acontece um incêndio. Dependendo da área da indústria na qual a organização atua, a perda pode causar prejuízos durante boa parte do ano. Esse é o caso de indústrias agrícolas, que podem chegar a perder quase todo o plantio do período em um incêndio.

O que fazer para diminuir os custos de um incêndio?

A melhor forma de evitar os custos de um incêndio é ter todos os equipamentos de segurança. Eles ajudam a conter o fogo cedo e impedir danos mais extensos. Equipamentos como alarmes e sinalizadores também avisam o pessoal da sua empresa sobre o risco e permitem que todos saiam com segurança.

Para te ajudar a prevenir-se contra os custos de um incêndio, a Dimensão Incêndios têm todos os equipamentos preventivos necessários. Também providenciamos sinalização de segurança e diversas dicas de prevenção e segurança em nosso blog.  

 

Prevenção e Combate a Incêndio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X