Água pega fogo

Alguma vez você já se perguntou se a água pega fogo? Se sim, saiba que essa é uma dúvida comum e curiosa que será respondida neste artigo.

Então, vamos saber tudo sobre o assunto?

A química do fogo (mais detalhada)

Antes de tudo, já explicamos como funciona a química do fogo. Leia mais sobre isso aqui, mas acompanhe essas novas informações.

A água é formada por hidrogênio (H), elemento combustível, e oxigênio (O), comburente. Ou seja, teoricamente ela deveria entrar em chamas, mas na prática não é o que acontece.

“Mesmo o hidrogênio sendo um gás inflamável e o oxigênio, comburente, a água não pega fogo porque é uma substância completamente diferente das duas primeiras, com propriedades bastante distintas”. Essas são palavras da Dra. Maria Regina Alcântara, do Instituto de Química da USP.

A água não “herda” as características das substâncias que a compõem. Isso porque sua estrutura molecular e seu tipo de ligação química são diferentes dos encontrados nas moléculas de H e O. Então, a água não pega fogo.

Além disso, quem se lembra das aulas de química do colégio?

Lá aprendemos que os gases Hidrogênio e Oxigênio são formados por moléculas com 2 átomos iguais, as chamadas ligações apolares. No entanto, a água (H20) é composta por moléculas com 3 átomos diferentes, formando ligações covalentes polares.

Enfim, os elementos que formam a água se incendeiam quando separados, mas juntos, não.

Entendendo a química que faz a água apagar o incêndio

Agora que sabemos se a água pega fogo, no caso, não, vamos explicar por que é capaz de apagar as chamas.

Como são necessários calor, comburente (O) e combustível para haver fogo, ele apaga se faltar algum desses elementos. Só que é muito difícil eliminar a substância que está sendo queimada ou o oxigênio no ar.

Então, o jeito mais fácil de apagar a brasa é eliminar o calor. O estado líquido da água cumpre essa função, alcançando uma temperatura que permite sua evaporação e afastando as moléculas de oxigênio. Uma vez dificultado o contato entre combustível e comburente, as chamas ficam cada vez mais fracas.

Atenção: nem todo fogo se apaga com água

Como você já deve ter visto no nosso blog, nem sempre usar água é o melhor meio para apagar o fogo. Isso porque existem 3 classes distintas de incêndio, de acordo com sua origem: A, B e C.

Somente o de classe A, originado em materiais sólidos como madeira, tecido ou papéis, pode ser extinto com água.

O de classe B deve ser extinto por abafamento, com pó ou espuma química. Normalmente, ele é causado por combustíveis do tipo óleo, gasolina, querosene, álcool etc.

Por fim, no incêndio de classe C a água não pode ser usada enquanto houver energia. Como ele acontece em equipamentos elétricos, ela se torna uma condutora de eletricidade. Dessa forma, precisa ser apagado com pó químico.

A água oxigenada

Para concluir, trouxemos uma curiosidade: a água oxigenada (H2O2) também é um poderoso comburente, como o oxigênio do ar. Ou seja, pode ajudar outras substâncias a queimar.

No entanto, seria necessária uma grande quantidade de água oxigenada e pouco combustível.

Gostou de aprender se a água pega fogo com nosso conteúdo?

Para mais dicas e curiosidades, acompanhe o blog da Dimensão Incêndio e conheça nossos equipamentos de prevenção e combate a incêndios.

Curiosidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    X